Oi pessoas, quem nunca foi um estagiário?

Quem nunca teve que errar, errar e errar para poder acertar? Estamos sempre aprendendo mas no mercado de trabalho há uma fase que você precisa dividir o que aprende nos bancos da escola e o que fazer dentro da empresa que te recebeu como estagiário. Aula é uma coisa, trabalho é outra e não há nada melhor que um programa de estágio para fazer a ponte entre os dois.

O que é ser um estagiário?

estagio-2014

Sabe aquela hora que você fala…”e agora, o que vou fazer?” Vou perguntar para o meu professor!

Há nos currículos escolares muita informação sobre Programas de Estágios e o que precisa ser feito para alcançar a excelência para conseguir ingressar nos melhores locais para estagiar.

É a melhor maneira de começar a descobrir o mundo profissional, quando é possível testar (e e errar) na prática.

Em 2016, havia 740 mil estudantes do ensino superior estagiando no Brasil. É uma parcela (infelizmente) pequena dos cerca de 8 milhões de universitários matriculados no país.

Mas estagiar segue sendo fundamental. É a chance que jovens têm de experimentar diferentes setores, empresas e ambientes de trabalho antes de se formarem, tudo com mais espaço para explorar. Além de aprender muitas lições valiosas e se tornar um profissional melhor, o estagiário amadurece, amplia seus horizontes, descobre as áreas com que tem mais afinidade e se prepara para começar a vida de formado com o pé direito.

Existe uma Lei de Estágio normatizando regras para que todas as empresas possam ter nos estagiários  uma força de trabalho mas com o intuito de desenvolver capacidades. Mais uma vez entra o conhecido CHA – Conhecimento, Habilidade e Atitude. Adquirimos o conhecimento na escola, a habilidade dentro do estágio e a atitude é o que seremos daí pra frente com toda a bagagem que conseguimos através desse aprendizado.

A lei brasileira, que vale desde 2008, define o programa de estágio como uma espécie de desenvolvimento profissional supervisionado, que acontece no ambiente de trabalho e prepara os estudantes para o mercado. A lei também formaliza duas modalidades de estágio: obrigatório (exigido pelo curso de graduação para que o aluno se forme) e não obrigatório (opcional, faz quem vê importância na experiência durante a graduação).

A verdade é que o estágio, mesmo quando não é obrigatório, é um diferencial no currículo – e os recrutadores olham com bons olhos quem dedicou tempo a estagiar em mais de um lugar.

Aos olhos da lei, quem contrata um estagiário não está formando um vínculo empregatício. O que isso significa? Na prática, a empresa não lhe deve os benefícios sociais previstos pela CLT. Mas ainda tem uma série de deveres a cumprir.

Deve assinar, por exemplo, um termo de compromisso com o estudante e com sua instituição de ensino, oferecer um seguro de acidentes pessoais, ter um um ambiente de trabalho que proporcione aprendizagem social, profissional e cultural e indicar um supervisor, entre outras obrigações. Todo estágio legal no Brasil deve ser um “estágio supervisionado”.

O tempo máximo que os jovens podem passar como estagiários da mesma organização é dois anos e, após doze meses no cargo, têm direito a férias remuneradas.

Do mesmo jeito que há inúmeros tipos de organizações, indústrias e setores, estágios também vem em formas variadas: responsabilidades, nível de exposição à liderança, interação com áreas e possibilidade de efetivação variam muito entre uma oportunidade e outra. Por isso é tão importante pesquisá-las e entender melhor o que cada uma oferece.

Empresas de grande porte e órgãos do setor público, por exemplo, costumam ter processos seletivos organizados em diversas etapas, oferecer planos de desenvolvimento profissional estruturados e ter data de início e fim para o período de estágio.

Já empresas pequenas e outros tipos de organizações podem abrir vagas conforme precisam, empregar processos seletivos mais simples e oferecer uma dose maior de autonomia.

A chave para encontrar um estágio que combine com seu perfil é entender o que você quer naquele momento profissional para então filtrar o que está disponível no mercado.

Tenha em mente, sempre que deve procurar um estágio dentro das obrigatoriedades do seu curso, as vezes algumas faculdades exigem estágio durante todo o curso, outras tem horas a serem cumpridas. Muitas empresas aceitam estagiários desde os primeiros semestre da faculdade outras não, por isso você deve saber exatamente todos esses detalhes antes de enveredar por esse caminho.

Tenha sempre a idéia da empresa que você quer estagiar, pois assim você pode estar pronto quando a oportunidade chegar. Uma boa idéia é fazer parte dos grupos de estudo da sua faculdade, na maioria das vezes estes são monitorados por professores e sempre há um grande desenvolvimento do grupo. O que vale é a experiência, nunca se esqueça!

Crie um currículo, mesmo que seja difícil por não ter experiência, a cada aprendizado você vai incrementando seu currículo e o mantenha atualizado, nunca se sabe quando irá precisar!

Segundo o relatório “The Future of Jobs”, divulgado recentemente pelo Fórum Econômico Mundial, até 2020, a demanda será por profissionais com capacidade de resolver problemas complexos e que apresentem pensamento crítico, criatividade, liderança, inteligência emocional, flexibilidade cognitiva, competências de negociação, bem como alta capacidade de julgamento e tomada de decisão. São as habilidades mais procuradas pelas empresas.

Aproveite todas as oportunidades que aparecerem, frequente eventos e palestras onde  poderá aumentar seu aprendizado e também fazer um networking (conhecer pessoas interessantes que poderáo ajudá-lo na busca de oportunidades).

É sempre bom estar antenado e não desesperado, tem vários sites que podem ser acessados  Wall Jobs99 JobsVagas.com.brLinkedInTrampos.co e Cia de Talentos. Nesses sites, é possível se cadastrar e receber emails sempre que novos programas ou vagas de estágio surgem.

O estágio é uma ótima oportunidade de conhecimento, de desenvolver habilidades que nortearão sua vida profissional, portanto fique atento:

  • Faça sua lição de casa antes do primeiro dia de estágio, entre no site da empresa e veja qual o direcionamento dela e sua cultura, é interessante saber a história para não chegar totalmente alheio a tudo. Entre confiante!
  • Vá bem vestido, pois a sua estampa diz muito do que você pretende. Vestir-se para o sucesso dá resultado. Deve ser considerado uma pessoa engajada e preparada para ingressar no mercado de trabalho. Mesmo que você não tenha grandes roupas vá com uma roupa limpa e bem passada, sapatos de preferencia, tênis não são bem-vindos e muito menos boné.
  • Leve o seu trabalho a serio pois a sua contribuição por menor que seja já representa algo para a empresa. Você está aprendendo em um ambiente ativo, do mundo real, de modo que as suas contribuições (e seus erros) afetam as outras pessoas.
  • Esteja preparado para algumas situações que for convocado, tenha sempre uma gravata ou um sapato de salto, de repente podem ser necessários. Isso mostra proatividade, não se esqueça!
  • Conheça todos os seus colegas ou pelo menos a grande maioria, seja lembrado! Seus novos colegas podem agir como amigos, mas é sempre bom ter um limite.
  • Todas as vezes que tiver dúvidas, pergunte. Sai da sua zona de conforto, mesmo que isso o perturbe, pois somente assim você irá aprender e se tornar necessário. É importante que todos saibam de suas qualidades.
  • Monte uma rede, quanto mais os colegas souberem de sua capacidade, mais apoio você terá na hora de conquistar uma vaga.
  • Encontre um mentor entre seus gestores, pois a experiência deles irá ajudá-lo a direcionar seus trabalhos e com certeza validarão seu trabalho. Seja humilde pois muitas vezes você vai errar ou mesmo não querer fazer tarefas difíceis ou chatas, mas faz parte do aprendizado. Se sentir que está sendo explorado converse com seus gestores para avaliarem a questão.
  • Quando for colocado para uma tarefa não muito legal, desafie-se! Não é sempre que gostamos das tarefas mas elas tem que ser feitas.
  • Mantenha-se informado de sua avaliação. Fatos e números são muito importantes para seu currículo. Todo o histórico do estádio será uma bagagem para uma futura entrevista de emprego.
  • Peça sempre feedback! Esse feedback também vai ajudar a descobrir seus pontos fortes e o que você precisa melhorar.

Estaremos todas as segundas feiras oferecendo dicas de Mercado de Trabalho, sempre teremos um assunto de interesse de quem está tentando ingressar ou até quem já está nele! Aproveite!

Deixe seus comentarios e compartilhe a nossa página, estamos no facebook também com oportunidades de trabalho (vagas). Venha fazer parte do nosso Banco de Talentos!

 

 

O que deve saber um futuro estagiário!
Classificado como: